The Swiss Art and Culture Scene

Basel, Theater Basel

A lista à esquerda leva diretamente aos pontos correspondentes desta página.

Introdução

⮱As a country where diverse traditions and cultures meet and interact, Switzerland has been a melting-pot in the heart of Europe since time immemorial. This is why cultural life in cosmopolitan Switzerland displays such enormous variety.

Da produção artística ao mercado da arte

⓪Tendo em conta o tamanho do país e o número de habitantes, a Suíça faz parte das nações líderes no mundo da arte.⓪

⮱Não é possível falar de uma arte tipicamente suíça. Todavia, é possível reconhecer o habitat alpino nas repetidas actividades. Ou então a tendência constante para a modéstia. Mas no conjunto, a produção artística suíça apresenta-se, tal como o país, muito heterogéneo. Tipicamente suíço, contudo, é a enorme quantidade de locais, onde é possível admirar ou comprar obras de arte. Quase não existe outro país do mundo com tantos museus per capita como na Suíça. Além disso, existe uma enorme variedade de galerias, leilões, feiras internacionais e regionais, que fazem as delícias dos amantes de arte de todo o mundo.

Arquitetura, design e moda

⓪No que diz respeito a produtos populares da criatividade, à arquitetura, artes gráficas ou design de produtos, a Suíça também ocupa um lugar de relevo.⓪

⮱Poucos países com o tamanho da Suíça têm a capacidade de apresentar um movimento que há muito tempo é observado, admirado e copiado a nível internacional. Nestas áreas o mundo deve à Suíça alguns ícones: o Estádio Olímpico de Pequim ou o Museu de Arte Moderna de São Francisco. Che Guevara de René Burri ou o "Rapaz flautista" de Werner Bischof. As Cadeiras de Le Corbusier ou o Relógio de Max Bill. Tipos de letra como Frutiger, Helvetica ou Univers. E todos os produtos do dia-a-dia que alcançaram um lugar no Museu de Arte moderna: mobiliário modular USM, carteiras da Freitag, o primeiro Swatch, o canivete suíço

Filme e fotografia

⓪O cinema suíço atravessa a melhor fase de sempre: o ano de 2013 pode medir-se em termos de quota de mercado e número de entradas como o mais bem-sucedido para a indústria cinematográfica suíça, desde o sucesso de "Herbstzeitlosen" (Late Bloomers), em 2006.⓪

⮱O elevado nível artístico dos filmes é consistente, apesar de as obras cinematográficas suíças não desfrutarem de uma reputação especial. Já no que diz respeito ao filme de documentário, passa-se o contrário: de acordo com os dados da Swiss Films, foram produzidos nos últimos cinco anos duas vezes mais filmes de documentários do que filmes de longa metragem. Esta diversidade contribui para a probabilidade de encontrar uma ou outra pérola, que se tornaram participações habituais nos principais Festivais de Cinema, de Berlim a Cannes.

Literatura e teatro

⓪Durante muito tempo a literatura suíça foi sobretudo também literatura sobre a Suíça. Quer se trate de Paul Nizon, Niklaus Meienberg, Franz Hohler, Thomas Hürlimann ou Hugo Loetscher – o tumultuosa relação de amor-ódio com o país desempenhou muitas vezes um papel fundamental.⓪

⮱Todavia, o coração literário das novas gerações bate pelos temas atuais predominantes – pela autobiografia, amor, sexo e as dificuldades nas relações, pelo que os autores suíços têm cada vez mais interesse fora da Suíça – com a devida consideração. Grandes sucessos marcaram também o mundo vibrante e diversificado do teatro na Suíça, com nomes conhecidos como Barbara Frey no teatro tradicional, representações corajosas de teatro livre e espetáculos de grupos amadores, que gozam de uma admiração especial por um público suíço regular.

Música e dança

⓪A Suíça está repleta de música e conta até com a maior densidade de festivais de música, bem como um mundo de dança que é motivo de orgulho.⓪

⮱Nos dias de hoje, a música na Suíça é verdadeiramente polifónica – para um país federal e multicultural como a Suíça, este aspeto é tudo menos surpreendente. Jazz, ópera, hip-hop, música para instrumentos de sopro, punk, rock em dialeto, música popular helvética, sons dos emigrantes dos Balcãs – todos estes géneros pertencem hoje ao mundo da música na Suíça. Muitas cidades dispõem de recursos para companhias de ballet profissionais, entre as quais sobretudo o Ballet Heinz Spoerlis Zürcher e o Ballet Béjart em Lausanne são conhecidas internacionalmente. Na Suíça ocidental tem também lugar o Prémio de Lausanne, um concurso internacional para jovens dançarinos